Materiais Diversos em permanência no Cartaxo em 2020

A Associação Materiais Diversos vai estar em permanência no Cartaxo durante o ano de 2020, a desenvolver programação cultural.

Até aqui, a Materiais diversos estava presente no concelho no âmbito do festival que promove, a cada dois anos, ocupando vários espaços nas diversas freguesias, e trabalhando com a comunidade local. Agora, esse trabalho de parceria vai continuar, mas com caráter regular.

Assim, o ano da Materiais Diversos no Cartaxo começa com uma residência da artista Joana Castro, no Centro Cultural do Cartaxo, entre os dias 21 e 29 de janeiro. É o projeto de dança “Rite of Decay”, um projeto coreográfico que explora as fragilidades do corpo, como uma metáfora entre o fim do mundo e a nossa própria morte.

Durante a residência será realizada uma apresentação pública com entrada livre, no dia 25 de janeiro, às 21h30, e ainda desenvolvida uma oficina com alunos de dança, dia 28 de janeiro, das 18h30 às 21h30.

“Rite of Decay” é um solo a duas, uma bailarina e uma música. Uma última dança, um último discurso. A gestão de um corpo em decadência, que se expõe, que falha, onde o tudo e o nada, a persistência e a renúncia, a presença e a ausência, o equilíbrio e a queda se defrontam na tentativa de reconciliação com o fim.

“Os livros do rei” é o espetáculo que se segue. Marcado para os dias 20 e 21 de março, esta peça infantil, apresentada pela Plataforma 285 Teatro, destina-se a alunos do 1º e 2º anos do 1º ciclo, que a ela poderão assistir no Centro Cultural do Cartaxo, no dia 20, em duas sessões para as escolas, às 10h30 e às 14h, e no dia 21, para famílias, às 16h.

Mais artigos
1 De 81

É um espetáculo criado a partir do livro homónimo do escritor David Machado e que conta com as ilustrações de Gonçalo Viana. Tendo esta história como base, este é um espetáculo sobre reconstrução, sobre a destruição, a possibilidade de sonhar o impossível, a arquitetura, sobre não haver nenhuma impossibilidade na arte e sobre o papel desta na construção do amanhã.

A terminar o primeiro trimestre do ano, a Materiais Diversos apresenta “O lugar do canto está vazio”.

Um espetáculo de Dança da Companhia Maior/ Sofia Dias e Vítor Roriz Dança, que conta com uma residência artística, que decorre de 30 de março a 4 de abril, no Centro Cultural do Cartaxo, e culmina com um ensaio aberto, com entrada livre, marcado para dia 4 de abril, às 16h. Esta peça surge do confronto das ferramentas de pesquisa e composição coreográfica dos artistas Sofia Dias e Vítor Roriz com os corpos e sensibilidades da(o)s artistas da Companhia Maior. Uma composição de partituras sonoras, gestos que se ligam com palavras, breves narrativas interrompidas por movimentos e objetos que dão lugar a vozes.

Estas são as primeiras atividades agendadas pela Materiais Diversos para o Cartaxo, em 2020. Até ao final do ano, muitas serão as residências, apresentações públicas de projetos em criação, espetáculos e oficinas que vão pautar a vida cultural do concelho.

Para já, fica a promessa que a Materiais Diversos vai continuar a afirmar-se como plataforma de encontro, de reflexão e de partilha, valorizando o papel da produção artística no diálogo com questões da atualidade, promovendo e estimulando o relacionamento entre a participação cultural e a participação cívica.

Assim, continuará a trabalhar com equipas locais para a implementação dos projetos e a aprofundar as parcerias locais em várias áreas (da cultura à economia local, passando pela educação e a ação social). Na mesma linha, serão envolvidos artistas da região na implementação dos projetos de continuidade, recebendo formação e acompanhamento de artistas de referência.

Pode gostar também
Comentários
Loading...