Pedro Ribeiro promete continuar a acompanhar processo ex-Impormol

 

Terminada a concentração dos trabalhadores junto do Ministério da Economia “depois de termos sido recebidos por dois adjuntos do seu gabinete”, informou o presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Ribeiro, que promete que, depois de várias diligências, em conjunto com a Câmara da Azambuja e todas as outras entidades envolvidas, vai “continuar a acompanhar este processo e a desencadear novas iniciativas”, para “tentar encontrar soluções para todos estes trabalhadores (da ex-Impormol), para todas estas 179 famílias”.

 

[acx_slideshow name=”manif impormol”]

 

Pedro Ribeiro sublinha a “abertura e o empenho do Ministério da Economia para este problema”, visto que “em três semanas é a terceira vez que nos recebem, destacando a presença do Senhor Ministro da Economia na reunião de 19 de Abril”.

Ainda segundo o presidente, “hoje, como nos contactos anteriores, reforçámos o pedido de intervenção do Ministério, nomeadamente através das entidades que tutela (AICEP e IAPMEI) no sentido de ser estabelecida uma plataforma de diálogo/negociação com os novos acionistas da empresa que permita perceber as suas intenções em relação ao futuro. O AICEP e o IAPMEI podem ter aqui um papel importante para encontrar novos clientes e/ou novos investidores”.

Em conjunto com o Município da Azambuja e com o Ministério da Economia, a Câmara do cartaxo tenta encontrar “soluções” e “defender a manutenção dos postos de trabalho”, tendo sido muitos “os contactos com o Ministério do Trabalho, com o Instituto de Emprego e Formação Profissional de Santarém, através do seu diretor Dr. Renato Possante Bento. Os nossos serviços municipais de ação social e de emprego também têm estado envolvidos e a preparar um plano de intervenção caso seja necessário”, revela Pedro RIbeiro.

Mais artigos
1 De 1.009

“São 179 famílias que estão em causa, na sua maioria oriundas do nosso concelho”, adianta Pedro Ribeiro, que garante que “ao nível do trabalho com o IEFP vamos intensificar os contactos com a Administração da Empresa para aferirmos da possibilidade de no imediato trabalharmos na formação de ativos, em conformidade com a reunião da passada quarta-feira, em que também esteve a Comissão de Trabalhadores e o delegado sindical, Fernando Pina.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.