Nazaré Fabiano é a candidata do PSD à Junta de Valada

Maria Nazaré Fabiano, de 51 anos, natural de Valada, é a candidata à Junta de Freguesia de Valada pelo PSD, nas próximas eleições autárquicas.

Casada e com três filhos, passou a infância nas ruas e nos salgueirais de Porto de Muge, Valada e Reguengo, sendo o seu percurso de vida marcado pela dedicação à família, ao emprego e à sua comunidade que nunca abandonou. Em âmbito profissional é responsável de logística numa empresa privada.

“Dinâmica e defensora da sua terra, das tradições e costumes”, Nazaré Fabiano participou ainda nova na vida cultural da freguesia, ingressando num grupo de teatro existente e, atualmente faz parte do Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge.

“Atenta às necessidades da freguesia onde nasceu e sempre viveu, a candidata quer ser parte ativa na resolução dos constrangimentos de ordenamento urbanístico que afetam Valada, e que se encontram agravados pela falta de fiscalização do município e das autoridades, perante intervenções que descaracterizam e retiram valor ao território”. Ainda segundo a nota da comissão política do PSD Cartaxo, Nazaré “considera essencial a promoção das mais-valias de Valada como forma de dinamizar o comércio e turismo local, vetores essenciais para contrariar o êxodo da população. Só assim será possível contrariar o declínio a que se tem assistido e de forma sustentável devolver bens e serviços essenciais para a melhoria da qualidade de vida da população residente e para a fixação de jovens”.

“O município do Cartaxo não tem sido ao longo de anos capaz de desbloquear as condicionantes que vão tirando o futuro à nossa terra. Todos sabemos que Valada tem um território com um potencial turístico enorme mas que está a ser desperdiçado”, sublinha a candidata, que considera também que “o aproveitamento desse potencial terá de andar de mãos dadas com a melhoria da qualidade de vida daqueles que aqui sempre viveram e que carregam a identidade da freguesia. A Junta tem aqui um papel de fiel da balança. É preciso garantir que as políticas municipais, no que concerne a Valada, saem da gaveta e servem os interesses dos que aqui vivem e dos que aqui montaram os seus negócios. Não podemos continuar a ver as soluções dos nossos problemas a serem continuamente adiadas com promessas que tardam em se cumprir”.

No que concerne ao trabalho da Junta, Nazaré refere também a importância que deve ter enquanto elo de ligação do tecido associativo local. “É preciso reforçar a união das forças vivas da comunidade para reconstruir laços com uma população cada vez mais envelhecida e isolada.”

Ler
1 De 585

A Comissão Política do PSD Cartaxo salienta “a disponibilidade de uma pessoa que nunca virou as costas à sua freguesia e que demonstra um enorme conhecimento do território e das suas gentes, fruto da vivência diária dos problemas que também a si afetam”. Diz ainda o PSD que, “olhando para os resultados eleitorais em Porto de Muge, Valada e Reguengo verifica-se que se perderam ao longo das últimas duas décadas mais de um terço do seu número de eleitores (eram 905 nas autárquicas de 2001 e apenas 582 nas presidenciais do corrente ano)”, como tal, o PSD considera que “é preciso olhar para estes números com a seriedade que merecem e, urgentemente, concretizar ações para alterar este paradigma. A escolha da Nazaré como presidente de Junta, com a sua energia, amor à terra e motivação será seguramente um fator catalisador para a concretização dessas respostas”.

Pode gostar também