Pedro Nobre renuncia ao cargo de vereador na Câmara do Cartaxo

A crise instalou-se no PS Cartaxo, após a derrota nas eleições de setembro passado, e reflete-se nos mandatos eleitos aos órgãos autárquicos. Depois da renúncia de Pedro Ribeiro, que acabou por dar lugar a Pedro Nobre na vereação da Câmara Municipal do Cartaxo, também o vereador renuncia agora ao mandato.

A notícia tornou-se pública esta semana, em reunião de Câmara, com Pedro Nobre a informar que fez chegar, no passado dia 26 de outubro, o pedido de renúncia do mandato de vereador ao presidente da Câmara João Heitor, por motivos profissionais. “Não me é compatível exercer este cargo”, justificou Pedro Nobre que voltou ao Banco Montepio, onde se encontrava antes de tomar posse como vereador da maioria PS no executivo da Câmara Municipal, em 2017.

Ao Jornal de Cá, Pedro Nobre não quis adiantar mais pormenores da sua renúncia ao mandato na Câmara Municipal, nem mesmo sobre a sua saída da direção do PS Cartaxo, adiantando apenas que a derrota do PS nas últimas eleições autárquicas motivou a sua demissão de presidente da comissão política concelhia do Partido Socialista.

Pedro Nobre será substituído por Rolando Ferreira, número cinco na lista do PS à Câmara Municipal, mas que também figurava na lista à Assembleia Municipal, à qual foi eleito. Será necessário que este agora renuncie ao mandato neste órgão autárquico, na próxima assembleia, marcada para dia 29 de novembro, para preencher o lugar deixado por Pedro Nobre na Câmara Municipal.

Pode gostar também