“Potenciar Sinergias na Atividade Pecuária” em seminário

Quatro municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Maior organizam o seminário em Santarém

Perante os graves problemas de poluição dos recursos hídricos e degradação da qualidade de vida da população, com origem na atividade pecuária, a Câmara Municipal de Santarém tem em desenvolvimento o Projeto Intermunicipal para a Sustentabilidade da Atividade Pecuária que integra os Municípios de Rio Maior, Santarém, Cartaxo e Azambuja com os parceiros estratégicos, até ao momento, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV) e Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS).

O objetivo é criar uma rede de parcerias com os atores relevantes, de forma a encontrar soluções que garantam a viabilidade da atividade económica, de peso na região do Ribatejo, associada a reduzidos impactes a nível do bem-estar das populações e da qualidade ambiental dos territórios.

O trabalho de discussão promovido permite concluir que é necessário além, do quadro legal em vigor, agilizar os processos, exigindo por isso uma articulação das entidades com competência na matéria para alavancar a urgente mudança cultural, que garanta um quadro de competitividade com responsabilidade social e ambiental dos produtores pecuários.

Neste sentido, os quatro municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Maior, (Rio Maior, Santarém, Cartaxo e Azambuja), organizam o Seminário “Potenciar sinergias na atividade pecuária”, no próximo dia 7 de março, em Santarém, no Instituto Politécnico de Santarém, no auditório da Escola Superior de Gestão e Tecnologias, com o seguinte programa:

14h00 – Receção aos participantes

14h30 – Abertura do Seminário – Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém

Mais artigos
1 De 522

Moderador – Olga Moreira

Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV)

14h40 – Projeto Intermunicipal para a Sustentabilidade da Atividade Pecuária – Municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Maior

15h00m – Requisitos ambientais exigidos às explorações pecuárias – O quê e porquê? – Agência Portuguesa do Ambiente (APA)

15h20 – “Normas Regulamentares da Gestão Sustentável de Efluentes Pecuários”- Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR)

Fernando Costa

15h40 – Financiamento disponível para o setor pecuário – DLBC – Associação para a Promoção do Desenvolvimento Rural do Ribatejo (APRODER)

Maria João Botelho

16h00 – Debate

17h00 – Conclusões e encerramento

As inscrições, gratuitas, devem ser efetuadas para o endereço eletrónico: emas@cm-santarem.pt, até ao dia 28 de fevereiro.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.