Prémios Cartaxo d’Ouro

São 12 nomeados em quatro categorias, vote no seu favorito!

O Jornal de Cá e a revista DADA estão a completar três e dez anos de vida, respetivamente, no ano de 2017. Ambos os projetos crescem e cimentam-se a olhos vistos. Se, por um lado, a revista DADA já há muito que está implantada no concelho, o Jornal de Cá tem vindo a crescer, tanto em banca como na internet, onde é diariamente consultado por mais de dois mil leitores, que vão em busca de informação credível sobre o concelho.

Para assinalar os respetivos aniversários, o Jornal de Cá e a revista DADA decidiram atribuir os Prémios ‘Cartaxo d’Ouro’. A ideia tem andado a germinar, e chegou a hora de ver a luz do dia. O evento tem por objetivo distinguir pessoas, empresas e associações que, na sua atividade, levam o nome do Cartaxo para fora de portas. Estes Prémios vão atribuir distinções em quatro áreas: Cultura, Desporto, Sociedade e Economia.

Para encontrar os nomeados, o Jornal de Cá e a revista DADA convidaram três personalidades com créditos firmados, em variadas áreas, no concelho do Cartaxo: Vasco Cunha, Vasco Miguel Casimiro e Carlos Mota. Foram estes os responsáveis pela escolha dos três nomeados em cada categoria. Estamos a contar consigo para eleger os vencedores. A votação vai ser feita exclusivamente em www.jornaldeca.pt.

O Jornal de Cá e a revista DADA vão, também, atribuir o Prémio ‘Personalidade do Ano’. A escolha do vencedor será única e exclusivamente da nossa responsabilidade, mas podemos adiantar desde já que se trata de alguém que reúne qualidades importantes e que se envolve na vida do concelho.

Para o espectáculo, que vai decorrer no Pavilhão Municipal de Exposição no sábado, 28 de outubro, durante a tradicional Feira de Todos os Santos, o Jornal de Cá e a revista DADA vão apresentar, em palco, 60 músicos das bandas filarmónicas do concelho (Sociedade Filarmónica Cartaxense, Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense, União Lapense, Sociedade Filarmónica Ereirense e Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta) e cinco maestros (Rolando Ferreira, João Guerra, Luís Correia, Nuno Mesquita e Edgar Barbosa). O espectáculo tem, ainda, a colaboração do Município do Cartaxo e da Área de Serviço.

Os Prémios ‘Cartaxo d’Ouro’ são uma forma de reconhecer publicamente os méritos daqueles que, tantas vezes, passam despercebidos ao vulgar dos cidadãos. São o reconhecimento do trabalho árduo que desenvolvem, mas também da importância que têm para a nossa terra!

Mais artigos
1 De 2

Participe! Vote nos seus favoritos!

Nomeados nas categorias Cultura, Desporto, Economia e Sociedade

Cultura
Carlos Duarte
É há vários responsável pelos desfiles dos candidatos do concurso Rainha das Vindimas do concelho do Cartaxo (Rei e Rainha das Vindimas do concelho do Cartaxo desde 2014), espetáculo (organizado pelo Município do Cartaxo) que este ano foi muito apreciado pelas centenas de cartaxeiros que assistiram, na Praça 15 de Dezembro.

Geração 21
Grupo de baile, formado há 19 anos, em Vila Chã de Ourique, por um grupo de amigos adolescentes, empreendedores, que soube crescer e tornar-se num grupo musical profissional, nos dias de hoje bem reconhecido nas festas do concelho, arredores e um pouco por todo o País.

Rogério Coito
Natural da freguesia da Ereira, no Cartaxo, historiador, escritor e colaborador da imprensa regional e nacional, escreve atualmente crónicas sobre a história do concelho na Revista DADA. É presidente da Associação de Animação Cultural do Cartaxo – Pulsar, coordenando a iniciativa “Viagens à volta da nossa terra”.

Desporto
Andreia Ferrum
Atleta cartaxeira, a viver em Rio Maior, sagrou-se vice campeã nacional absoluta de Triatlo e de Sub-23, em 2017, ano em que a atleta do Olímpico de Oeiras representou, pela oitava vez, as cores nacionais no Campeonato Europeu.

Veternanos SL Cartaxo
Grupo de 27 ex-jogadores do Sport Lisboa e Cartaxo que formam uma equipa amadora, há mais de dez anos, levando o nome do Cartaxo um pouco por todo o País (também já estiveram na Madeira), em jogos amigáveis, duas vezes por mês, sempre com o espírito de veteranos, onde a confraternização é tão importante como o resultado dos jogos.

Isabel Barba
A ginasta do Ateneu Artístico Cartaxense sagrou-se em novembro de 2016 a melhor ginasta elite do ano – júnior feminino, ao alcançar o 1º lugar no ranking nacional de elite júnior. Depois de quatro participações em campeonatos do mundo por idades, a atleta vai este ano representar a Seleção Nacional no Campeonato Mundial (Seniores), na Bulgária.

Economia
Agroglobal – Feira das Grandes Culturas
Acontecimento marcante da vida agrícola nacional com um conceito baseado na inovação, movimento e interatividade, transformou-se na maior feira agrícola do País, e acontece em Valada, Cartaxo, de dois em dois anos – num enquadramento único da lezíria do Tejo. Em setembro de 2016, milhares de pessoas visitaram o certame que apresentou cerca de 250 empresas expositoras e demonstrações em contexto real da mais avançada tecnologia ao serviço do setor agrícola.

MyCamp
Empresa de animação turística que engloba todo o tipo de atividades de animação, cultura, tradição e aventura para crianças e jovens, na Quinta da Broeira, em Vale da Pinta, Cartaxo. Com mais de 20 anos de experiência em campos de férias, a MyCamp recebe, anualmente, centenas de crianças e jovens de todo o País proporcionando experiências inesquecíveis, com muita diversão e amigos.

Adega do Cartaxo
Fundada em 1954, a Adega Cooperativa do Cartaxo tem raízes numa região com uma forte tradição vitivinícola e uma área social na ordem dos 700 hectares, produzindo, anualmente, cerca de sete milhões de litros de uma vasta e diversificada gama de vinhos engarrafados. Nos últimos anos, tem ganho várias medalhas de ouro e de prata com os seus vinhos.

Sociedade
Bombeiros Municipais do Cartaxo
O Corpo de Bombeiros Municipais do Cartaxo foi fundado a 25 de novembro de 1936 e desde a sua fundação, homens e mulheres do Cartaxo têm-se dedicado de forma altruísta e digna a servir esta nobre causa, sendo reconhecido entre os seus pares.

Horta da Fonte
Discoteca emblemática do Cartaxo que este ano de 2017 fechou portas, depois de 38 anos de puro entretenimento e diversão noturna, com festas que ficaram na história e em que participaram figuras nacionais e internacionais de destaque.

Ateneu Artístico Cartaxense
Coletividade centenária do Cartaxo que até aos dias de hoje tem promovido especialmente o desporto e atividades culturais e recreativas, tais como saraus literários, gabinete de leitura, bailes ou teatro. Nas últimas décadas é na Ginástica que tem dado cartas, levando dezenas de atletas a campeonatos europeus e mundiais.

Consulte aqui o Regulamento dos Prémios Cartaxo d’Ouro

Participe! Vote nos seus favoritos!

Pode gostar também

Comentários estão fechados.