Programa de Inovação Regional

Opinião de João Pedro Barroca

No ano 2018, o pedido de registo de patentes junto do Instituto Europeu de Patentes aumentou significativamente. Concretamente, foram 220 pedidos, o que representa uma subida de 46,7% face aos 150 pedidos de 2017.

Neste sentido, os números indicam que Portugal é um dos países com a maior taxa de crescimento no registo de patentes, embora este feito represente apenas 0,1% dos pedidos de proteção da propriedade inteletual realizados na Europa, ficando, nesta matéria, muito distante dos países com os quais se quer comparar, sendo, inclusivamente, ultrapassado pela República Checa. Também não é menos relevante referir que as entidades portuguesas que mais pedidos fizeram foram os centros de investigação e as universidades, em claro contraste com a realidade dos parceiros de referência, onde, pelo contrário, dominam as empresas.

A título de exemplo, pode-se constatar que a empresa alemã Siemens, sozinha, fez mais de 2493 pedidos em 2018, ou seja, 11 vezes mais do que um país como Portugal.

Programa de Inovação Regional
A Associação Empresarial do Baixo Ave desenvolveu, recentemente, um programa de inovação regional, que apelidou de Innovation Days, que consistiu em promover o debate sobre a importância da inovação colaborativa entre empresas e instituições, através da realização de conferências, meetings e atribuição de prémios de inovação e empreendedorismo. Para além disso, as empresas participantes tiveram oportunidade de partilhar informação entre si, não só sobre as melhores práticas para a inovação, bem como a melhor forma de as materializar na exploração de novas oportunidades de negócios.

Mais artigos
1 De 253

Neste seguimento, podemos constatar que existe uma relação inequívoca entre a inovação desenvolvida pelas empresas e o seu nível de competitividade. Tendo em conta que, presentemente, qualquer empresa deve pensar e agir global, torna-se ainda mais importante o desenvolvimento deste tipo de boas práticas no meio empresarial.

Impacto na Economia Local
A Câmara Municipal do Cartaxo poderia tomar como exemplo este tipo de iniciativas e organizar um evento desta natureza no nosso concelho, em conjunto com universidades, centros tecnológicos, associações empresariais e um conjunto de empresas que sejam consideradas como case studies na área da inovação. Este tipo de ações contribuiria para aumentar a visibilidade e credibilidade do nosso território e para captar novas iniciativas empresariais.

As patentes são essenciais para fortalecer a competitividade do País e das empresas e um pré-requisito para o crescimento e a criação de empregos.

*Artigo publicado na edição de novembro do Jornal de Cá.

Pode gostar também
Comentários
Loading...