PSD apresentou propostas para Orçamento 2018

O PSD Cartaxo foi representado pelo presidente da Comissão Política Concelhia, José Augusto de Jesus, e pela secretária, Céu Clemente

Fotos Cronistas do Jornal de Ca

O PSD Cartaxo reuniu com o presidente da Cãmara Municipal, ao abrigo do Estatuto da Oposição, para apresentar os seus contributos ao Orçamento e Grandes Opções do Plano da autarquia para 2018.

O PSD Cartaxo, representado pelo presidente da Comissão Política Concelhia, José Augusto de Jesus, e pela secretária, Céu Clemente, apresentou ao executivo camarário os seus principais projetos. Estes contemplam a reabertura da antiga EN3 no centro do Cartaxo, que o PSD entende ser “uma medida justificada pela necessidade de maior mobilidade no centro da cidade, maior segurança no tráfego rodoviário e pedonal, em virtude das contingências dos atuais percursos de atravessamento”. Uma medida que, entende o PSD, em comunicado, “trará ‘mais vida’ à nossa cidade”.

Outro dos projetos apresentando é o “Cartaxo COMvida” – Programa de Promoção da Economia Local. Este projeto deverá ser “financiado pelo Fundo de Apoio à Economia Local (FAEL), capitalizado com percentagem das taxas municipais de ocupação da via pública e publicidade, bem como com uma percentagem das receitas do estacionamento tarifado”. O PSD sugeriu que esta medida envolva “uma equipa tripartida, com um representante da Câmara Municipal, um representante do comércio local e uma terceira pessoa indicada pelos dois anteriores intervenientes”. Este programa destina-se à “promoção da economia local, visa a realização de iniciativas junto do comércio local, envolvendo a cidade numa primeira fase, mas desejavelmente alargado, em tempo, às freguesias”.

Os sociais democratas também propuseram uma intervenção na Praça 15 de Dezembro, com a criação de espaços verdes, sombras e possibilidade de instalação de esplanada, em regime de concessão. Esta intervenção deverá contemplar “a possibilidade de se realizarem parcerias com empresas ligadas à implementação de espaços verdes, eventualmente, um jardim suspenso que não colocará perigo na estrutura do parque de estacionamento subterrâneo”.

Também a implementação do Campo Seguro é uma prioridade para o PSD, já que este programa tem por objetivo diminuir “a criminalidade nas zonas rurais, em particular na zona conhecida como ‘campo’, pertencente às freguesias de Vila Chã de Ourique e Valada”, relembrando que esta “é uma iniciativa que já foi proposta pelo PSD Cartaxo em Assembleia Municipal, em abril de 2015, onde foi aprovada e que, apesar de ter sido inscrita nos orçamentos subsequentes, não foi ainda concretizada”.

Além disso, o PSD quer que o executivo camarário considere incluir no Orçamento para 2018 “a concessão do Bar das Piscinas, bem como outros espaços públicos passíveis de serem rentabilizados; a Revisão do Regulamento de Taxas e Licenças; e a concretização do estacionamento tarifado, em particular no Parque subterrâneo da Praça 15 de Dezembro”.

Mais artigos
1 De 505

A juntar a isto, o PSD Cartaxo lembrou a necessidade “de se reforçar a manutenção do espaço público no concelho do Cartaxo, com claro benefício para a qualidade de vida dos munícipes, nomeadamente no que toca aos espaços verdes; passeios; mobiliário urbano; limpeza de ruas, valetas e linhas de água; sinalização e toponímia”.

 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.