PSP destruiu 8.200 armas de fogo

Comemora-se hoje, 9 de julho, o Dia Internacional de Destruição de Armas.

Para assinalar a data, a PSP promoveu a destruição de mais de 8.200 armas.

Neste dia, agências das Nações Unidas, ONG’s e governos, à escala global, levam a cabo ações semelhantes de destruição de armas, com o objetivo de alertar a sociedade civil para a problemática da necessidade do controlo de armas pelas autoridades.

As armas de fogo agora destruídas foram declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, processos de contra-ordenação ou administrativos, depois de terem sido apreendidas pela PSP e pelas demais autoridades policiais. Confirmada a sua inutilidade para a atividade operacional, formativa, cultural, museológica ou outra das forças de segurança, o Diretor Nacional da PSP determinou a sua adequada e preventiva destruição.

Pode gostar também