Queimada origina incêndio no Cartaxo

Na origem deste incêndio esteve uma queimada que se descontrolou, fruto do vento que se fazia sentir e da falta de humidade no ar, segundo o comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, David Lobato

4.613

Deflagrou, ao início da tarde deste domingo, um incêndio, na Rua do Arrodel, no Cartaxo.

Na origem deste incêndio esteve uma queimada que se descontrolou, fruto do vento que se fazia sentir e da falta de humidade no ar, segundo o comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, David Lobato.

No local estiveram 22 elementos dos Bombeiros Municipais do Cartaxo e de Santarém e da Força Especial de Bombeiros.

Deste incêndio resultou um ferido ligeiro, um agente da PSP, que ficou com queimaduras na zona do pescoço. O agente foi assistido no local por uma ambulância dos Municipais do Cartaxo.

No rescaldo deste incêndio, que não colocou em perigo as habitações da vizinhança, ardeu cerca de meio hectare de canas, silvado e árvores de fruto, segundo David Lobato, que aproveita para lembrar que “não é com queimas que se faz a limpeza dos terrenos”. O comandante deixa o conselho: primeiro, há que limpar os matos, fazer pequenos montes e só depois queimar. Até porque o que interessa são as faixas de contenção junto às habitações que, se existentes e limpas, facilitarão o combate a incêndios.

Recorde-se que os terrenos têm de ser limpos até dia 15 de março.

Mais artigos
1 De 237
Pode gostar também
Comentários
Loading...