“Queremos uma Junta de Freguesia mobilizada para fazer bem à nossa comunidade”

Entrevista do Jornal de Cá a Vitor Lopes, candidato do PS à freguesia de Pontével, nas eleições autárquicas de 2021, marcadas para 26 de setembro.

Como vê a freguesia de Pontével na atualidade?
Vejo a freguesia de Pontével parada, sem alegria, sem dinâmica e em muitos momentos vejo o presidente da Junta a demitir-se das suas competências, responsabilizando terceiros pela sua incapacidade de resolver os problemas da nossa freguesia. Em nenhumas das áreas de trabalho da nossa Freguesia, vemos o presidente da Junta a auscultar as forças vivas da terra, para encontrar soluções. O caminho que tem vindo a seguir é assente no populismo e na demagogia, em permanente busca de inimigos que não existem, quando deveríamos era estar a trabalhar em conjunto, em parceria e em cooperação para defender os interesses da nossa terra.

Vejamos aquilo que já fomos no concelho e aquilo a que este presidente da Junta nos quer reduzir. Hoje, com muito menos investimento da Câmara Municipal do que aquele que é efetuado na nossa freguesia, verificamos facilmente a forma como estamos a ser ultrapassados ao nível do dinamismo e do desenvolvimento que noutros tempos conseguíamos identificar na nossa terra. Nestes últimos quatro anos a Câmara Municipal investiu mais de 1 milhão de euros no novo Centro Escolar, o mais moderno equipamento educativo que o concelho tem. A Câmara Municipal requalificou a cobertura do pavilhão desportivo da escola e está neste momento a requalificar a EB 2,3 de Pontével, investimento que nunca teve desde a sua inauguração. Estamos a poucos dias de vermos iniciadas as obras de requalificação do Mercado Municipal de Pontével. Foi neste mandato que foram investidos mais de dois milhões e 500 mil euros na nova ETAR de Pontével e no sistema de saneamento básico dos Casais da Amendoeira e dos Casais Penedos. É neste mandato que está a ser elaborado o projeto para a reabilitação do sistema de saneamento básico dos Casais Lagartos para que, ainda este ano, possa ser colocado a concurso público. Quanto à defesa dos nossos serviços de saúde a inércia da Junta de Freguesia tem sido demasiado evidente. Tem que ser o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo a reivindicar junto do Ministério da Saúde as urgentes obras de requalificação para a Unidade de Saúde de Pontével. Da parte do presidente da Junta só assistimos a um silêncio ensurdecedor quando deveria ser o primeiro a, pelo menos, acompanhar as reivindicações da Câmara Municipal. Lamento que a via escolhida pelo Presidente de Junta seja a do confronto permanente e a das guerras estéreis que em nada contribuem para o nosso desenvolvimento. A minha via, a nossa via, é a do diálogo, é a do trabalho de cooperação e do estabelecimento de parcerias.

Quais as suas prioridades para a freguesia?
Na área da economia, fundamental para a criação de emprego e de riqueza, acompanhamos com muito interesse e com esperança que no processo em curso de venda de lotes no Casal Branco apareçam empresas interessadas em investir na nossa freguesia. É para nós prioritário que, para além da Câmara Municipal, também a Junta de Freguesia de Pontével assuma um papel ativo na promoção da venda de lotes que está em curso e que ela própria procure investidores que possam ali instalar-se. Este é o momento.

Uma das nossas principais prioridades é voltarmos a ter na nossa freguesia a valência de ATL. Julgamos ser incompreensível a atitude passiva da Junta de Freguesia em relação a esta necessidade de tantas famílias. Não é preciso ir longe. A Junta da União de Freguesias da Ereira e Lapa encontrou solução para um problema idêntico ao nosso. Na área da proteção social é fundamental que sejam feitos o novo Centro de Dia e o novo Lar para Pontével, nas instalações da antiga escola cedidas para esse efeito pela Câmara Municipal do Cartaxo. Como referi na questão anterior, a defesa dos serviços públicos de saúde da nossa freguesia é para nós prioritária. É para nós fundamental que sejam feitas obras de requalificação, que exista reforço de profissionais de saúde, de equipamentos e meios de transporte na Unidade de Saúde de Pontével. Prioritário, também, para a nossa candidatura é a urgência para que seja retomado o plano de recuperação da rede viária municipal.

Na área ambiental, depois de construída a nova ETAR de Pontével e depois de concluirmos a requalificação da rede de saneamento dos Casais Lagartos, é fundamental sensibilizar a população para a ligação dos esgotos domésticos à rede e, em simultâneo, encontrar soluções de apoio financeiro às famílias que, por comprovada carência económica, estejam impedidas de o fazer. Neste ponto, importa ainda resolver junto da Cartágua o aumento da pressão na distribuição de água em diferentes lugares da freguesia, nomeadamente, nos Casais da Amendoeira e nos Casais Penedos. Continua a ser para nós prioritário a medida de criar um núcleo museológico, sediado na antiga escola primária, para homenagear o nosso campeão Marco Chagas e, em simultâneo, acolher todo o nosso património cultural e desportivo, considerado relevante para a promoção e defesa da nossa identidade junto das gerações vindouras, perpetuando, assim, a memória coletiva da história da nossa terra.

Ler
1 De 30

O que ambiciona para a freguesia de Pontével?
Ambicionamos uma freguesia que promova as ambições de quem aqui vive, de quem aqui trabalha e de quem aqui investe. Uma freguesia que defenda um desenvolvimento harmonioso entre os diferentes lugares que a compõem. Vamos adotar medidas de descentralização que assegurem à nossa população uma efetiva igualdade de oportunidades no acesso aos serviços públicos da Junta, independentemente do lugar que residam. Ambicionamos uma freguesia, em que em cada um dos seus lugares, seja implementado um espaço de lazer com equipamentos para todas as idades, desde a infância à população mais idosa. Vamos garantir que cada lugar da nossa freguesia tenha um parque infantil, um ginásio ao ar livre e um conjunto de estruturas que proporcionem a estadia e o convívio familiar entre gerações. Queremos que cada freguês encontre aqui uma oportunidade de trabalho. Que todos os nossos jovens tenham igualdade de acesso a equipamentos educativos de qualidade. Queremos que a todos seja garantido o acesso a um serviço de saúde de excelência. Queremos maior proximidade e apoio ao nosso movimento associativo como reconhecimento do extraordinário trabalho que desenvolvem para continuarmos a ter uma oferta cultural e desportiva diversificada. Queremos uma Junta de Freguesia mobilizada para fazer bem à nossa comunidade.

O que é que Pontével tem a ganhar com a sua eleição?
Honestidade, transparência e proximidade. Honestidade como princípio de vida nas relações com os outros, na forma como sempre pautei o meu percurso profissional e associativo, e na forma íntegra e leal com que sempre trabalhei em equipa e encarei os desafios que abracei em prol da nossa comunidade. Transparência como missão principal de um autarca que tem a obrigação de prestar contas, onde não pode existir a mínima dúvida sobre conflitos de interesses na forma como gerimos os impostos dos nossos concidadãos. Proximidade como exemplo que sempre testemunhei na forma como o meu saudoso Tio Henrique Janota se relacionava com a nossa população e com as nossas coletividades. Para além destes três princípios, tenho a felicidade de ter uma equipa formada por pessoas com larga e diversa experiência profissional e associativa, que estão muito motivados e mobilizados para servir a nossa freguesia. Pela minha parte, este é sem dúvida o maior desafio da minha vida e ao mesmo tempo aquele que mais me honra. É uma grande oportunidade para, com a equipa que me acompanha e com o envolvimento das forças vivas da nossa terra, podermos recuperar o dinamismo que a freguesia precisa, recuperar o dinamismo e o espírito de iniciativa de outros tempos. Tenho a certeza que a honestidade, a humildade e a generosidade são os pilares para a realização de um bom trabalho. Da minha parte e das pessoas que me acompanham podem esperar o respeito, a admiração e a convicção que fazemos parte de uma comunidade que ama as suas tradições, as suas coletividades e associações e, acima de tudo, ama a sua terra.

*Freguesia de Pontével
A freguesia de Pontével tem 27,84 km² de área e cerca de 4 600 habitantes e uma densidade populacional de 165,7 hab/km².

Pode gostar também