Ranchos do concelho trazem fandango à Festa do Vinho

Festival de Fandango do Ribatejo

© Jornal de Cá

Esta tarde de 1º de maio, o recinto das tasquinhas da Festa do Vinho encheu-se de gente para ver a tradição através de uma das maiores expressões da identidade da região, o Fandango, dança candidata a Património Imaterial da Humanidade.

Ao palco subiram os grupos de folclore do concelho Cartaxo: Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével, Rancho Folclórico Ceifeiras De Porto De Muge, Rancho Folclórico do Cartaxo, Rancho Folclórico da Casa do Povo da Ereira, Rancho Folclórico “Os Campinos” de Vila Chã de Ourique, Rancho Folclórico de Vale da Pinta, Rancho Folclórico Regional de Vale da Pedra.

Na assistência largas dezenas de pessoas puderam apreciar típico fandango do Ribatejo, dançado quase exclusivamente com os pés e que surgiu da disputa entre ranchos de trabalhadores, nas praças da jorna, onde os capatazes escolhiam pessoal para trabalhar.

O corpo mantém-se estático durante praticamente toda a dança e alguns dançarinos são tão hábeis que chegam a dançar com cântaros ou garrafas na cabeça.

Neste Festival de Fandango do Ribatejo os ranchos folclóricos do concelho dançaram o Fandango do Vara-pau, o Fandango da Lezíria, o Fandango do Bairro e o Fandango do Meio-alqueire, dançado pelo Rancho “Os Campinos” de Vila Chã de Ourique.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.