Roubaram a estátua de Marcelino Mesquita

A Estátua de Marcelino Mesquita desapareceu da Praça 15 de Dezembro, no Cartaxo.

Terá sido durante esta madrugada que conseguiram levar a estátua de bronze do célebre dramaturgo do Cartaxo, sem que ninguém desse conta.

Apesar de se encontrar num sítio central da cidade, ainda assim, tudo terá passado despercebido.

O alerta foi dado por Carlos Silva, que se deslocava para o trabalho, por volta das 6h50 da manhã, e se deparou com a falta da estátua e informou o Jornal de Cá.

Contactado pelo Jornal de Cá, o presidente da Câmara, Pedro Ribeiro, que teve conhecimento do furto logo pela manhã, disse que o caso está a ser investigado pelas autoridades. “É um caso, no mínimo, insólito, e não descansaremos até encontrar os responsáveis por tal ato infame.”

O furto de peças em bronze não é novidade em Portugal e já tem acontecido em outras localidades. Várias estátuas e bustos de figuras emblemáticas de diversas cidades foram roubados nos últimos anos, deixando autarcas e populares indignados.

Ler
1 De 590

A estátua de Marcelino Mesquita, da autoria de Leopoldo de Almeida, foi inaugurada em 1956 e desde então tornou-se num dos ícones do Cartaxo.

Notícia em desenvolvimento.

Pode gostar também