Saber confiar

Opinião Margarida Serrão

A confiança é o crédito que se dá a uma pessoa ou situação, com base em experiências prévias (normalmente com partilha de valores) que nos permitem antecipar ou prever um determinado comportamento. 

Muitas vezes a confiança surge através de provas dadas ao longo do tempo, sejam elas através de palavras ou atos, por isso, a confiança é a base de qualquer relacionamento, seja ele amoroso, familiar, amizade ou negocial.

Contudo, é extremamente importante lembrarmo-nos que, para que um relacionamento perdure, essa confiança deve ser mútua, ou seja, se esperamos que a outra parte tenha determinado comportamento que nos permita confiar nela, também devemos fazer o mesmo.

No entanto, num relacionamento podem surgir desconfianças mas isso nem sempre quer dizer que achemos que o outro está a ser desonesto. Pode simplesmente resultar de uma incapacidade de prever o comportamento da outra parte. Se isso acontecer, e para evitar mágoas, a melhor forma de sanar quaisquer dúvidas é através de uma conversa franca e aberta.

Afinal, “A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando se descobre que alguém acredita e confia em si”, 
Ralph Waldo Émerson

 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.