Síndrome do Túnel Cárpico afeta cada vez mais mulheres

É uma doença ainda muito desconhecida, mas há cada vez mais membros do sexo feminino a sofrer dela. 

startup-593324_1280-e1444063170354Ocorre, sobretudo, entre os 40 e 50 anos, afetando duas a três vezes mais as mulheres do que os homens, nomeadamente durante a gravidez. Consiste num conjunto de sintomas causados pela compressão do nervo mediano, responsável por controlar a sensibilidade da palma do polegar, dedo indicador e dedo médio e a ação dos músculos ao redor da base do polegar, na sua passagem pelo túnel cárpico que corresponde à estrutura na face palmar do punho.

A hereditariedade, o uso excessivo da mão em profissões ligadas à informática, alterações hormonais relacionadas com a gravidez; doenças como diabetes, artrite reumatoide e desequilíbrio da tiroide, são algumas das causas da doença. Os dedos indicadores e médio são os primeiros a serem afetados. A sensação de formigueiro é um dos principais sintomas, que pode evoluir para dor nos dedos, que pode irradiar até ao antebraço.

A medicação e a fisioterapia são algumas das formas de diminuir os sintomas, não havendo cura para a doença.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.