Três escolas do concelho vão continuar a funcionar

 

ESCOLA PRIMARIA 2117Três das escolas do 1.º Ciclo que estavam em riscos de encerrar no próximo ano letivo no concelho do Cartaxo (EB1 da Ereira, EB1 de Casais da Amendoeira e EB1 de Casais Penedos, todas pertencentes ao Agrupamento de Escolas D. Sancho I) vão, afinal, continuar a funcionar, segundo Despacho do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, que concedeu às escolas uma autorização excecional de funcionamento.

Um autorização que “vem de encontro à vontade expressa, quer pelo município e pelas juntas de freguesia, quer pelo agrupamento e encarregados de educação e justificada por razões concretas que a Câmara Municipal apresentou – quer eu próprio junto do diretor-geral, quer em ofícios enviados à DGEstE – e são agora reconhecidas como válidas e justificadas”, disse Pedro Ribeiro, presidente do município.

Entre os argumentos apresentados, o autarca refere o número de alunos com pretensão de continuarem os seus estudos nas escolas – sendo que alguns têm necessidades educativas especiais –, o papel das escolas na dinamização social e na integração inter-geracional, assim como a sua importância na fixação de população jovem, ou o facto de o município já ter em fase avançada o processo de revisão da Carta Educativa do concelho, da qual resultará informação relevante para qualquer decisão a tomar em relação aos estabelecimentos de ensino existentes.

O facto de o encerramento de estabelecimentos de ensino em algumas localidades implicar a deslocação de dezenas de crianças, num concelho com débil cobertura de transportes públicos, aliada às dificuldades financeiras que muitas famílias enfrentam, foi outra das razões apresentadas pela Câmara Municipal, para pedir a autorização excecional de funcionamento.

O autarca aguarda agora que a mesma autorização excecional formal possa ser concedida à escola de Valada, para a qual também foi solicitada.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.