Um centenário agridoce

A Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta celebrou o centenário no domingo, dia 25 de outubro, sem a habitual festa devido à pandemia. Falámos com dirigentes, músicos e membros da comunidade para perceber como viveram este aniversário

Ainda que Vale da Pinta seja das populações mais pequenas do concelho do Cartaxo, a Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta (SCRVP) é uma das coletividades mais antigas da terra, tendo sido fundada, oficialmente, a 28 de outubro de 1920, embora a história da tuna remonte ao início do século XIX, com um grupo de amadores de música que juntou as receitas que angariava destinando-as à compra de instrumentos. Em 1918, juntaram-se mais elementos que levaram ao nascimento da Sociedade Euterpe Valedapintense, tendo como padrinhos o dr. Ramada Curto e a sua irmã.


Uma reportagem para ler na edição impressa de novembro do Jornal de Cá, já nas bancas do concelho do Cartaxo.

Saiba aqui como receber a edição impressa do Jornal de Cá.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.