“Uma visão positiva e ambiciosa”

O município do Cartaxo apresentou a sua estratégia para o próximo ano. “Uma visão positiva e ambiciosa”, considera João Heitor, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo.

O município do Cartaxo apresentou a sua estratégia para o próximo ano. “Uma visão positiva e ambiciosa”, considera João Heitor, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo. O município tem um excedente de 5 milhões de euros, que vai aplicar numa conta a prazo por 90 dias e, em 2024, conta arrecadar 30 milhões de euros em receita, sendo que 24 milhões são referentes a receitas correntes.

O presidente da Câmara, apresentou o Orçamento Municipal para o ano de 2024, um orçamento que é “como deve ser” onde “a receita corrente está acima da despesa corrente e a despesa de capital está acima da receita de capital”.

Do lado da despesa, de registar que a maior fatia vai para os recursos humanos que, no próximo ano, aumenta 1 milhão e 200 mil euros, mais cerca de 30% em relação ao ano passado, devido ao aumento do salário mínimo e à progressão nas carreiras. E ainda, do lado da despesa, dois milhões de euros de capital a pagar ao FAM e 2,5 milhões de serviço da dívida.

“A nossa estratégia é garantir o equilíbrio financeiro, é garantir os princípios de eficácia e boa gestão”, assegura o presidente da Câmara.

No terceiro ano de mandato do executivo PSD, João Heitor espera concretizar, ou iniciar, as empreitadas de beneficiação das Piscinas Municipais, do novo Centro de Saúde, da Circular Urbana, da Escola D. Sancho I e do saneamento nos Casais de Lagartos.

O executivo também quer iniciar o projeto para o novo estaleiro municipal. Está previsto a reabilitação do Mercado Municipal do Cartaxo, e há a ambição de criar uma cresce pública e, também, a beneficiação das Escolas Básicas.

Ler
1 De 41

A pavimentação está entre as grandes obras previstas para 2024, “é o maior investimento na última década em conservação de estradas, no concelho do Cartaxo” assegura João Heitor.

Para executar o Plano Plurianual de Investimentos, o município espera conseguir captar 15 milhões de euros em fundos comunitários do Portugal 20/30 e do PRR.

O Orçamento Municipal para 2024 foi aprovado por maioria com a abstenção dos vereadores do PS, na reunião extraordinária do executivo a 30 de novembro. Segue agora para aprovação na Assembleia Municipal.

Isuvol
Pode gostar também