Unidade Especial de Polícia está de parabéns

Os homens e mulheres que servem na Unidade Especial de Polícia (UEP), herdeira dos antigos Corpos e Grupos Especiais da Polícia de Segurança Pública, estão hoje de parabéns.

Celebra-se esta terça-feira, 5 de maio, o 12º aniversário da UEP – unidade especialmente vocacionada para operações de manutenção e restabelecimento da ordem pública, resolução e gestão de incidentes críticos, intervenção tática em situações de violência concertada e de elevada perigosidade, complexidade e risco, segurança de instalações sensíveis e de grandes eventos, segurança pessoal dos membros dos órgãos de soberania e de altas entidades, inativação de explosivos e segurança em subsolo e aprontamento e projeção de forças para missões internacionais.

De acordo com a nota da PSP, desde a sua criação, em 2008, “a UEP tem contribuído de forma meritória e determinante para a segurança de Portugal e dos portugueses, tanto em território nacional como no estrangeiro. Os seus polícias vêm evidenciando uma elevada competência e profissionalismo e inexcedível dedicação à causa pública”.

Sob a divisa “A Força da Unidade”, a UEP integra sob o mesmo comando cinco subunidades operacionais: Corpo de Intervenção (CI); Grupo de Operações Especiais (GOE); Corpo de Segurança Pessoal (CSP); Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo (CIESS) e Grupo Operacional Cinotécnico (GOC).

A UEP possui, desde a sua criação, destacamentos sedeados nos Açores, Madeira, Porto, Faro, Leiria, Bragança, Castelo Branco, Viseu e Beja, continuando, “no atual contexto de Calamidade, a assegurar um elevado empenhamento de meios e polícias para a contenção pandémica e para o retorno à normalidade do quotidiano em Portugal”.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.