Valada acolhe festival de rock no feminino

Dia 21 de setembro, Valada vai fazer “soar as vozes, os baixos, as baterias e as guitarras de mulheres que fazem do rock’n’roll o modo e o mundo”.

Tudo acontece a partir das 17h30, no parque de merendas de Valada, onde, em jeito de abertura e boas vindas, estão artistas locais convidados para desenvolverem performances de arte e workshops de dança sob o signo O Rock & A Fandanga.

Às 21h, há cinema ao ar livre com o documentário ‘Ela é uma música’, realizado por Francisca Marvão – que estará presente nesta noite para uma breve conversa no final da exibição do filme – e que aborda o papel das mulheres no rock português, das suas origens à atualidade. Pretexto para muita música e reflexão sobre o feminino do rock, com este documentário que teve a sua estreia no Festival IndieLisboa, na secção IndieMusic, em maio passado.

Os concertos começam logo a seguir, a partir das 23h30, onde atuam algumas das bandas que participaram no documentário. Vão poder ouvir as gavetas desarrumadas das Anarchicks, as dualidades de Dead Club e a improvisação de Ela é uma Banda.

O final da noite será entregue a várias mulheres que vão tomar conta dos pratos. Neste caso, não os da cozinha mas os da mesa de mistura.

Mais artigos
1 De 21

Valada, à beira-rio, local com tradição festivaleira, recebe um festival de rock no feminino, com a performance, o cinema e a música a fazerem a festa. A entrada é livre.

Pode gostar também
Comentários
Loading...