Vereadora quer acompanhar refeições escolares

Ana Bernardino considera que "esta é também uma oportunidade de nós fiscalizarmos, de estarmos mais perto, e percebermos, realmente, o que é que as nossas crianças comem diariamente"

A vereadora Ana Bernardino (PS) quer que os eleitos na Câmara do Cartaxo possam almoçar nas escolas do concelho, juntamente com os alunos.

Esta proposta surgiu no âmbito da deliberação sobre o concurso público para a celebração de acordo quadro para aquisição de refeições escolares no âmbito da Central de Compras Eletrónicas da CIMLT (Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo), aprovado por maioria, e a vereadora explicou que, à semelhança do que já acontece com os encarregados de educação, também os eleitos deveriam ter oportunidade de “provar as refeições, de experimentar essas refeições, de duas em duas ou de três em três semanas. Não é que se duvide, de alguma forma, da qualidade das refeições, mas é também uma oportunidade de nós fiscalizarmos, de estarmos mais perto, e percebermos, realmente, o que é que as nossas crianças comem diariamente”.

Uma sugestão prontamente acolhida pelo presidente do Município, que salientou que essa prática já é corrente em alguns municípios, “aliás, aquele programa de apoio à participação dos pais foi uma boa forma de até resolvermos algumas críticas que existiam, sem prejuízo de, de quando em vez, haver algumas falhas. Mas, de facto, a presença dos pais nas escolas tem sido importante para também verem com os seus olhos aquilo que é a qualidade das refeições e, por outro lado, também achamos que é uma boa forma de haver pressão junto das empresas para que não falhem, dentro daquilo que é o seu compromisso”.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.