Verso Move selecionada pelo Plano de Recuperação e Resiliência

A empresa Verso Move, sediada no Cartaxo, viu os seus projetos serem selecionados pelas Agendas Mobilizadoras e Agendas para Inovação Empresarial, integradas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Integrada no consórcio Erofio – Engenharia e Fabricação de Moldes S.A., a Verso Move passa à segunda fase e foram-lhe destinados 4,667 milhões de euros para investimento produtivo, Investigação e Desenvolvimento (I&D), capacitação de recursos humanos, qualificação e internacionalização da organização e ainda divulgação e promoção das agendas e respetivos resultados. A avaliação dos projetos foi feita pelo IAPMEI.

Candidataram-se 144 consórcios às Agendas Mobilizadoras e às Agendas Verdes para a Inovação Empresarial do PRR, foram analisadas todas propostas de ideias e selecionadas 64 Agendas que terão acesso à fase seguinte para a apresentação de candidaturas a financiamento constituídas por propostas finais.

A Verso Move, detida pela Soft Time e pela Atlantic Masters, é uma empresa sediada no Cartaxo e tem-se dedicado, nos últimos dez anos, ao desenvolvimento de soluções para transporte de cavalos e de foodtrucks (veículos de comida de rua), sendo uma referência nacional e internacional nestas duas áreas. Mais recentemente, a administração da empresa liderada por Luís Rato decidiu alargar o raio de ação para a área da micrologísitica e da mobilidade elétrica, tendo para o efeito estabelecido protocolos com o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e a Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação (IADE) para o desenvolvimento de unidades motrizes elétricas e criação de módulos de carga adaptáveis a vários tipos de veículos. Nestas duas áreas, a Verso Move passou a contar também com a colaboração do parceiro Luís Costa Branco.

Pode gostar também