A vida das cores

A decoração de uma casa revela não só as preferências de quem a habita, mas também aspectos da sua personalidade, sendo a escolha das cores muito importante para criar o ambiente perfeito
As cores têm o dom de favorecer os recantos da casa e de estimular o estado de espírito de quem lá vive. A cor pode fazer toda a diferença e com a variedade de tons existente para pintar paredes, móveis, entre outros objetos, é possível decorar a casa de sonho.
As revistas, as montras e, sobretudo, as lojas de tintas, são bons recursos para conseguir recriar um ambiente diferente em casa. Dada a diversidade de cores e de diferentes tintas existentes no mercado, as possibilidades tornam-se ainda maiores, sendo aconselháveis as dicas, ideias e conselhos de profissionais para que os efeitos desejados se tornem realidade. Por exemplo, há pequenos recantos que em casa passam despercebidos por não terem as cores certas.
Mais artigos
1 De 8
Para além dos significados que cada cor carrega e transmite, quando bem escolhidas, as cores podem transformar, de forma ilusória, um pequeno quarto num espaço mais amplo ou vice-versa. As paredes muito altas, por exemplo, podem fazer-se parecer mais baixas, num espaço mais acolhedor, quando pintadas em tons quentes. Outro fator importante é ter em mente que uma cor que resulta num quarto ou sala de estar não surte o mesmo efeito que numa cozinha ou casa de banho.
«Tons mais vivos animam os ambientes sombrios e tristes; mais escuros tornam os espaços muito iluminados mais acolhedores»
Segundo os entendidos, as três cores primárias (vermelho, azul e amarelo) são mais ricas e intensas, enquanto que, por outro lado, as cores secundárias (laranja, verde e violeta) resultam mais ambíguas e ténues. De entre os vários tons, os mais vivos animam os ambientes sombrios e tristes, enquanto que os mais escuros tornam os ambientes muito iluminados mais quentes e acolhedores.
«As cores influenciam os ambientes, conseguem  transformar um simples canto num espaço cheio de alegria e excitação»
Transformar ambientes
Dependendo do tipo de ambiente que se deseja escolhem-se as cores, cuja aplicação acertada proporciona ambientes mais harmoniosos.
Os tons quentes, como os amarelos, vermelhos e laranjas, dão a ilusão de ambientes com dimensões mais pequenas, devendo ser utilizadas em ambientes frios ou com falta de alegria e agitação. São cores que animam e elevam as temperaturas dos ambientes em que se inserem. O amarelo, por exemplo, traz mais luz aos espaços, sendo indicado para locais pouco iluminados pela luz do dia.
Em casas mais pequenas aconselham-se as cores frias, como os azuis, verdes e violetas. Para tornar um pequeno quarto num espaço mais amplo o truque será usar um tom claro de azul, que irá dar, aparentemente, uma maior dimensão a essa área.
Mas há outros truques que transformam ilusoriamente os ambientes. Por exemplo, para elevar a altura de um espaço com paredes baixas: deve-se pintar o teto com um tom mais desmaiado e aplicar papel de parede com riscas verticais. Se, pelo contrário, interessa tornar uma sala maior, com uma certa impressão de profundidade, aplicam-se as riscas na horizontal.
Quando os móveis são altos convém que os tetos tenham um tom mais escuro e quente, de forma a criar uma escala óptica mais agradável.
Harmonia decorativa
As cores influenciam os ambientes e, consequentemente, a vida. Há cores capazes de criar ambientes calmos e aprazíveis, mas há também aquelas que transformam um simples canto num espaço cheio de alegria e excitação.
O azul, que simboliza o equilíbrio e o conforto, deve ser utilizado em espaços reduzidos que se desejam mais amplos, recriando ambientes simples, tranquilos e agradáveis.
O vermelho é capaz de tornar um quarto com muita energia, sedutor e cheio de vitalidade. Quando usado em salas de estar torna esse ambiente mais quente e acolhedor.
O amarelo é óptimo para paredes e móveis. Proporciona uma boa luminosidade, cria um ambiente fresco e dinâmico, transmitindo, ao mesmo tempo, optimismo e tranquilidade.
O verde é uma cor excelente para criar uma atmosfera natural. Com uma grande facilidade de harmonização com outras cores, os tons verdes são relaxantes e estáveis.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.