Voto antecipado em mobilidade já começou

Já é possível pedir para antecipar o voto para eleger o Presidente da República em qualquer Câmara Municipal.

Todos os eleitores recenseados no território nacional podem votar antecipadamente em mobilidade.

As eleições presidenciais, realizam-se em plena epidemia de covid-19 em Portugal, esta é a décima vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, anunciou em conferência de imprensa, este domingo, várias medidas para reduzir o risco de contágio nas eleições presidenciais, agendadas para o dia 24 de janeiro. Entre elas está o alargamento do voto antecipado, haverá mais mesas de voto, mas menos eleitores por secção. Quem for votar, tem ainda de levar uma caneta de casa.

Eduardo Cabrita garantiu ainda que os idosos que estão confinados em lares por causa da pandemia também vão poder exercer o direito de voto antecipadamente, entre 14 e 17 de janeiro.

O ministro informou ainda que o voto antecipado em mobilidade pode ser feito na sede de cada um dos 308 concelhos do país, e que o número de eleitores por secção de voto vai descer de 1500 para 1000.

Devido à pandemia, o voto antecipado em mobilidade foi alargado a todos os eleitores recenseados no território nacional, mas é necessário fazer um pedido expresso para o efeito, entre os dias 10 e 14 de janeiro na plataforma eletrónica.

Os eleitores que estejam em confinamento obrigatório, podem requerer o voto antecipado na plataforma eletrónica, entre 14 e 17 de janeiro. O pedido pode ainda ser efetuado na freguesia correspondente à morada do recenseamento por quem, mediante exibição de procuração simples, acompanhada de cópia do documento de identificação civil do requerente, represente o eleitor.

Os votos serão recolhidos por equipas organizadas pelas autarquias com o apoio da Administração Eleitoral e também das forças de segurança, nos dias 19 e 20 de janeiro.

A Câmara Municipal do Cartaxo vai ter uma mesa de voto dedicada a receber os votos antecipados. Esta mesa de voto funcionará no edifício-sede do município no dia 17 de janeiro, domingo, das 8 horas às 19 horas e receberá apenas os votos dos eleitores que se inscreveram previamente. A Câmara Municipal já constituiu equipa para a recolha dos votos de eleitores em confinamento obrigatório.

Os eleitores recenseados em território nacional e deslocados no estrangeiro, votam antecipadamente nas embaixadas ou consulados previamente definidos pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre 12 e 14 de janeiro.

O voto em mobilidade é o voto antecipado em local escolhido pelo eleitor (qualquer município do continente ou das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira).

Os doentes internados e os presos podem votar antecipadamente no estabelecimento hospitalar ou prisional onde se encontrarem.

Pode ainda consultar o sítio da Comissão Nacional de Eleições para mais informações.

Veja aqui das Assembleias e Secções de Voto no concelho do Cartaxo.

Saiba aqui onde pode votar no concelho do Cartaxo, locais de funcionamento, horários e eleitores: Freguesia de Pontével; Freguesia de Valada; Freguesia de Vale da Pedra; Freguesia de Vila Chã de Ourique; União de Freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta; União de Freguesias de Ereira e Lapa.