Workshops gratuitos sobre comércio eletrónico

O Agrocluster Ribatejo, no âmbito do projeto financiado E-Agro Innovation, vai realizar na região um conjunto de sessões duplas subordinadas à temática do comércio eletrónico. O primeiro workshop, onde será aprofundada a temática dos E-Marketplaces, decorre já nos próximos dias 2 e 11 de julho, em Santarém e Torres Novas, respetivamente. As inscrições são gratuitas.

Neste workshop, o primeiro de um conjunto de quatro sessões duplas subordinadas à temática do comércio eletrónico, será aprofundada a temática dos E-Marketplaces enquanto canais potenciadores das vendas, as suas vantagens e desvantagens, as diferentes tipologias de E-Marketplaces existentes e, ainda, os principais aspetos a ter em conta na utilização destes canais para venda de produtos.

Desenvolvido num formato orientado para o utilizador de natureza empresarial, o workshop irá fornecer aos participantes um conjunto de informações e práticas que facilitarão a compreensão das particularidades deste canal, aumentando a probabilidade de sucesso no recurso aos E-Marketplaces como ferramenta de expansão do negócio e de aumento das vendas.

“O que são E-Marketplaces?”, “E-Marketplaces de referência” e “Principais aspetos a ter em conta no recurso a E-Marketplaces”, são as temáticas a abordar pela oradora convidada Beatriz Casais, professora universitária na área do Marketing e Estratégia, doutorada em Ciências Empresariais na variante Marketing e Estratégia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

O workshop decorre dia 2 de julho, das 14h30 às 18h, na Startup Santarém, na capital de distrito, e replica-se no pavilhão de exposições da Nersant, em Torres Novas, dia 11, no mesmo horário. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e podem ser realizadas através do link bit.ly/2WYjeMF.

De referir que este workshop, bem como as sessões duplas subordinadas à temática do comércio eletrónico que o Agrocluster vai realizar, são realizadas ao abrigo do projeto financiado E-Agro Innovation, dinamizado por este cluster. O mesmo é cofinanciado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – COMPETE 2020, no âmbito do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional do Portugal 2020.

Pode gostar também
Comentários
Loading...