Coronavírus: Cuidados a ter no manuseamento de lixos domésticos

Os tempos que vivemos, bem como os que se aproximam, não dão lugar a falhas. É preciso prevenir, cumprir todos os conselhos que as autoridades nos vão dando, no sentido de, todos juntos, conseguirmos conter a pandemia.

Se muitos de nós já estão confinados em casa, por prevenção, muitos há que não podem ficar no conforto do lar. Aos profissionais de segurança pública, bombeiros, médicos enfermeiros, condutores de pesados de mercadorias, funcionários de hiper e supermercados e outros, temos de juntar os trabalhadores da recolha e tratamento de resíduos, que também não podem parar.

Assim, existem algumas coisas muito simples que podemos todos fazer, de forma a não colocarmos ainda mais em risco a vida destes profissionais.

Por isso, se tiver, na sua família, pessoas infetadas (ou com essa suspeita), lembre-se que os seus resíduos também podem estar infetados. Nesse caso deverá:

  • Colocar os resíduos em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade – não encher totalmente os sacos;
  • Os sacos devidamente fechados devem ser colocados dentro de um segundo saco, devidamente fechado, e este deve ser depositado no contentor de lixo comum (resíduos indiferenciados).
  • Os sacos devem ser sempre colocados dentro do contentor – não deixe o saco no chão. Se estiver cheio, coloque no contentor mais próximo ou utilize quando estiver disponível.

Além disso, as máscaras, luvas e lenços devem ser sempre colocados no contentor do lixo comum.

Mais artigos
1 De 116

A melhor forma de agradecer a estes trabalhadores é cumprir estas regras!

Pode gostar também

Comentários estão fechados.