Flores à mesa, mas para comer

Aproveite em pleno a primavera e ouse experimentar flores nos seus pratos preferidos, tornando-os irresistíveis à vista e ao paladar. As flores não só têm cor e cheiro, também têm sabor.

Já não é nova a ideia de tornar os seus pratos mais apelativos e saudáveis, colorindo-os com flores primaveris. O amor-perfeito, dizem os entendidos, pode ser usado em saladas e sobremesas, sendo conhecido pelas suas propriedades diuréticas. As flores de borragem, no seu tom azul-violeta entram bem em saladas, bolos e sobremesas. A calêndula, muito usada como corante alimentar, pode ser aplicada em pratos de arroz, peixe, sopa, queijos ou omeletas, com as suas pétalas a ficarem muito bem também em saladas. Capuchinha é das flores comestíveis mais conhecidas, também pelo seu sabor levemente picante, a fazer lembrar o agrião. As rosas também se podem e devem usar em culinária. As suas pétalas têm variadas utilizações: podem ser consumidas em cru, temperadas ou não, e cozinhadas. Podem ser usadas em infusões, conservas, sobremesas e conferem um sabor suave a pratos fritos. A violeta, de sabor doce e perfumado, fica bem em saladas, sendo ainda usada cristalizada na doçaria.

Entre estas e tantas outras, como a alfazema, a begónia, a camomila, a cravina, o girassol, é so escolher para tornar a sua mesa mais primaveril, saborosa e saudável. Contudo, é necessário saber que flor está a comer, pois haverá muitas que são venenosas e podem, inclusive, causar a morte.

Pode gostar também
Comentários
Loading...