Quanto mais verde melhor

Todos nos preocupamos em ter uma alimentação saudável. A informação sobre o que nos faz bem e o que nos faz mal é muita e, nos dias de hoje, só come mal quem quer.

Dos super alimentos aos suplementos alimentares, dos antioxidantes às fibras, a escolha é vasta e está ao dispor de qualquer um no supermercado mais próximo.

Os vegetais, sabemos todos, devem constar da alimentação diária. São ricos em vitaminas minerais e fibras alimentares, fundamentais ao funcionamento do organismo. Além disso, sabemos agora, são ricos em clorofila, que tem efeitos antioxidantes, desintoxicantes e depurativos.

A clorofila, presente, sobretudo, nos vegetais mais verdes, melhora o transporte de oxigénio por todo o corpo, aliviando a inflamação e a dor, estimulando o sistema imunológico e criando bactérias benéficas nos nossos intestinos.

Por ser antioxidante, fortalece e protege as células de defesa do corpo humano (os linfócitos), podendo ser capaz de reduzir inflamações, além de combater radicais livres que causam doenças degenerativas.

Tem a capacidade de estimular a formação de glóbulos vermelhos, cujo principal componente é a hemoglobina. Ao estimular a formação dos glóbulos vermelhos, a clorofila auxilia na redução da anemia.

Mais artigos
1 De 34

Além disso, é capaz de neutralizar os efeitos nocivos de substâncias como o tabaco, o alcatrão ou a toxina do tétano.

A clorofila elimina, também, metais pesados que nosso corpo não consegue eliminar.

Por ser rica em magnésio, a clorofila auxilia na produção de serotonina (responsável pela sensação de bem-estar, auxiliando no alívio e prevenção do stresse), combate a tensão alta, alivia os sintomas da menopausa, regula o açúcar e a produção de insulina, melhora a digestão, regula a produção de melatonina, o que permite melhorar o sono, e é uma grande aliada nos treinos de resistência muscular, já que é muito importante na formação das fontes de energia no corpo.

E onde ir buscar a clorofila necessária? É simples, e está ao alcance de todos, uma vez que está presente em todos os vegetais verdes: couve, alface, rúcula, espinafres, agrião ou na tão na moda spirulina.

No entanto, a maior fonte de clorofila do mundo é a microalga Chlorella, uma microalga de água doce.

Chlorella é conhecida como o alimento quase perfeito e é utilizada como suplemento alimentar pelos astronautas da NASA em viagens espaciais. A título de exemplo, esta microalga promove a regeneração de tecidos, regula o funcionamento do sistema digestivo, contém vitaminas E, C, K, B1 e B6 , além de muitos outros benefícios.

Pode gostar também
Comentários
Loading...