Covid-19: Vacinação no Cartaxo continua com vacinas da Moderna e da Pfizer

Depois de suspensa a administração da vacina da AstraZeneca contra a covid-19, o presidente da Câmara, Pedro Ribeiro, esclarece que no Cartaxo a vacinação continua com a administração das vacinas da Moderna e da Pfizer.

As autoridades de saúde suspenderam, ontem, a vacina da AstraZeneca, contra a covid-19, que se encontra a ser avaliada pela Agência Europeia do Medicamento, mas o centro de vacinação do Cartaxo administra também as vacinas da Moderna e da Pfizer, mantendo o processo de vacinação. Contudo, poderá haver atrasos e algumas pessoas já convocadas para a vacina podem ter de esperar por um novo reagendamento.

“Da informação que recebemos, algumas convocatórias poderão ser adiadas, estando as unidades de saúde locais a efetuar os contactos necessários com os utentes e a reagendar a vacinação”, disse Pedro Ribeiro, reforçando que “todas as informações quer sobre a suspensão de vacinas que já estejam agendadas, quer sobre cuidados e explicações clínicas a quem tenha recebido as duas tomas desta vacina ou aguarde a segunda dose, podem ser solicitadas aos profissionais de saúde do Centro de Vacinação do Cartaxo”. Os contactos pode ser feitos através através dos números 243 700 255/ 963 967 936.

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, “Espanha, Itália, Alemanha, França, Noruega, Áustria, Estónia, Lituânia, Letónia, Luxemburgo e Dinamarca, além de outros países, incluindo fora da Europa, já interromperam por “precaução” o uso da vacina da AstraZeneca, após relatos de casos graves de coágulos sanguíneos em pessoas que foram vacinadas com doses do fármaco da AstraZeneca”, encontrando-se a mesma, como já referimos anteriormente, a ser avaliada pela Agência Europeia do Medicamento.

Pode gostar também