Greve encerra maioria das escolas no concelho do Cartaxo

Em protesto pela falta de trabalhadores não docentes nas escolas e por melhores condições de trabalho, os assistentes operacionais que aderiram à greve convocada para esta sexta-feira obrigaram ao encerramento de muitos estabelecimentos de ensino pelo País.

No concelho do Cartaxo a greve obrigou ao encerramento da maioria das escolas. No Agrupamento Marcelino Mesquita do Cartaxo estão encerradas a EB 1 nº2 (escola do Norte), a EB 2,3 Marcelino Mesquita, a Escola Secundária e o Jardim de Infância de Vila Chão de Ourique.

Já no Agrupamento D. Sancho I de Pontével estão encerradas todas as escolas.

Segundo a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, que convocou a paralisação de hoje, são necessários mais 6.000 mil trabalhadores não docentes nos quadros das escolas. A falta destes trabalhadores põe em causa, segundo o sindicato, áreas como a segurança, o apoio às crianças com necessidades educativas especiais ou a higienização dos espaços.

Pode gostar também
Comentários
Loading...