Transporte escolar mais caro

O transporte escolar será assegurado por autocarros da Rodoviária do Tejo e carrinhas da Câmara Municipal.

A Câmara Municipal prevê a necessidade de transporte para mais de 350 alunos. O investimento da Câmara Municipal no ano letivo 2019/2020 foi superior a 60 mil euros, mas este valor poderá ser bastante mais elevado este ano.

As medidas de distanciamento, higienização e lotação máxima de 2/3 nos autocarros, implicará um aumento de autocarros e/ou viagens necessárias, o que se refletirá no investimento total. A Câmara Municipal previu no Plano Anual de Transportes, o valor estimado de 95 mil euros, assegurando que a verba disponível poderá fazer face a um aumento do custo no contexto da pandemia da doença Covid-19.

A Câmara Municipal refere que os pais e encarregados de educação devem contactar os agrupamentos quanto antes a fim de requerem transporte escolar – disponível de acordo com o Regulamento Municipal de Transportes Escolares.

Segundo a autarquia, a limpeza diária, desinfeção e higienização dos veículos será realizada cumprindo as diretrizes da Direção-Geral da Saúde. Outras medidas, como a não disponibilização de venda de títulos de transporte a bordo, a instalação de separações físicas entre condutor e passageiros ou a disponibilização de gel desinfetante, estão também asseguradas.

Os circuitos estão definidos para garantir a mobilidade necessária, assim como, para respeitar a restrição de passageiros fora das respetivas comunidades educativas.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.