Arroz de saramagos com entrecosto
de porco frito

A Confraria ‘Os Saramagos’ apresenta mais uma iguaria de Vila Chã de Ourique – os saramagos, desta vez transformados num delicioso arroz a acompanhar o entrecosto frito.

Os saramagos são uma herbácia que cresce espontâneamente no campo, é rica em proteínas e sais minerais, e em tempos idos era vulgarmente utilizada como hortaliça em sopas, esparregado e saladas, pelos ouriquenses.

Na última semana de janeiro, aproveitanto a visita do executivo camarário à vila, a Confraria ‘Os Saramagos’ deu a conhecer este ingrediente que em tempos fez parte da dieta das gentes de Vila Chã de Ourique.
O almoço, preparado e servido no Centro Social Ouriquense, fez as delícias dos convivas.

As entradas, também com saramagos, foram preparadas por Isabel Espírito Santo. A sobremesa – tarte Maria Vitória – também contou com saramagos na receita, numa criação da cake designer Betinha Amado, que fechou o repasto com chave de ouro.

O confrade Hélder Anacleto foi o elo de ligação entre as várias pessoas que se empenharam nesta apresentação e o confrade Francisco Pereira foi o cozinheiro do repasto.

Arroz de saramagos com entrecosto
Ingredientes: saramagos, arroz, entrecosto de porco, azeite, alhos, louro, cebolas, diversos enchidos.

Ler
1 De 83

Preparação: tempera-se o entrecosto com pimentão de calda e reserva-se. Num tacho faz-se um refogado e salteiam-se os saramagos em cru, depois de escolhidos os mais tenros, junta-se água, o arroz e o caldo da fritura das carnes.

Os enchidos fritam-se em azeite, alho e louro, depois de cortados às rodelas, e mais tarde são servidos como entrada. O caldo da fritura aproveita-se para juntar à cozedura do arroz e, de seguida, fritar o entrecosto.

Pode gostar também