Celestino Marques é o candidato do PSD em Vale da Pedra

Celestino Marques é o candidato do PSD à Junta de Freguesia de Vale da Pedra, nas próximas eleições autárquicas.   

“Com um forte histórico de participação cívica na comunidade, Celestino Marques, vive em Vale da Pedra há mais de 40 anos”, informa o PSD do Cartaxo em comunicado, dando a conhecer o seu candidato que já foi eleito pelo partido à Assembleia de Freguesia de Vale da Pedra.

Celestino Lopes Marques aprendeu o ofício de carpinteiro, mas mais tarde decidiu estudar à noite, enquanto trabalhava durante o dia. Uma rotina que durou cinco, que lhe permitiram concluir então o curso de Mestrança de Construção Civil na Escola Industrial Machado de Castro em Lisboa. Esta formação permitiu-lhe obter outras competências que lhe foram uma mais-valia durante toda a vida. Durante quatro anos, esteve emigrado na Venezuela, período após o qual regressou a Portugal a Vale da Pedra, terra à qual criou uma forte ligação.

Estabilizado na sua vida pessoal e profissional, Celestino Marques passou a dedicar grande parte do seu tempo livre à participação cívica e associativa no lugar que escolheu para concretizar o seu projeto de vida. Ligado à constituição da freguesia, assumiu enquanto independente nas listas do Partido Socialista, funções de secretário da Junta de Freguesia de 1988 a 1993. Durante o seu percurso foi também secretário da direção do Centro Social e Recreativo de Vale da Pedra, tendo colaborado sempre com a Associação Cultural e Recreativa de Vale da Pedra enquanto esta manteve a sua atividade.

Durante o período em que esteve no executivo da Junta, Celestino Lopes Marques considera ter sido realizado um trabalho muito intenso na melhoria das condições de vida dos valepedrenses, com resultados bem espelhados nas vias envolventes que constituem atualmente o traçado atual de toda a freguesia. Às serventias de terra batida, concretizaram-se arruamentos com asfalto que hoje estão ao dispor da população, sendo que para tal muito contribuiu a vontade e o grau de exigência dos autarcas de freguesia perante o poder municipal, que hoje considera não existir.

Mais tarde foi candidato pelo PSD e eleito à Assembleia de Freguesia, sendo-lhe reconhecido o espírito combativo, mas em simultâneo cordial e humilde na defesa das suas ideias para Vale da Pedra.

Ler
1 De 30

“Não consigo conformar-me com o estado lastimoso em que se encontram muitas das ruas e espaços pedonais da nossa freguesia, muito menos com o adormecimento que tomou conta da nossa terra, que mais parece gerida por uma comissão administrativa, do que um executivo político que busca melhorar as condições para quem aqui vive. A inércia que tomou conta de Vale da Pedra, jamais foi vista noutros tempos de governação socialista que parece hoje dar por assegurado o seu lugar.” Dito isto, Celestino Marques garante que “com a mesma humildade e espírito de trabalho que o fiz no passado candidato-me pela minha terra e pela sua gente, no intuito de trazer de volta o debate de novas ideias e projetos que levem à concretização de acrescido valor para o nosso território.”

A Comissão Política do PSD Cartaxo agradece, publicamente, “a coragem e o forte sentimento de pertença a Vale da Pedra por parte de Celestino, no sentido de apresentar uma alternativa que quer desenvolver uma maior interligação da população para com o tecido associativo e cultural da comunidade e em simultâneo reforçar a exigência dos fregueses de Vale da Pedra perante o seu Município”.

Pode gostar também