Abertas inscrições para Programa de práticas parentais positivas

A Câmara Municipal do Cartaxo já abriu inscrições para o Programa de Educação Parental Positiva e Consciente, destinado a pais ou cuidadores de crianças entre os três e os 18 anos, com o objetivo de abordar e construir estratégias que permitam fortalecer laços em família, assim como gerir momentos de tensão e conflito.

Em tempo de confinamento das famílias nas suas casas, de distanciamento social e com enormes alterações no dia a dia das crianças e pais, este programa assume renovada importância e um papel de suporte, partilha, reflexão, e essencialmente de fortalecimento de relações entre pais e filhos, incentivando práticas parentais positivas.

As sessões vão decorrer online para pais e cuidadores de crianças dos três aos 18 anos, em grupos de quatro participantes, com o intuito de permitir uma maior interação entre pais e dinamizadores.Os participantes estarão integrados num dos programas – “Anos Incríveis” e “Mais Família Mais Jovem” – de acordo com a idade das crianças e jovens.

O programa decorre no âmbito do PIICIE LT – Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo, promovido pela CIMLT (Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo) e cofinanciado pelo Fundo Social Europeu, através do Alentejo 2020, e será executado pela Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária do Cartaxo.

No âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo continuam a decorrer online o acompanhamento psicológico e avaliação psicológica às crianças e jovens; o apoio às famílias no contexto de grupo de pais ou em formato individual; sessões individuais de jovens no Programa de Mentoria; práticas da meditação mindfulness nos docentes do 1ºCEB; articulação com os docentes e técnicos da comunidade educativa; articulação com os diversos serviços da comunidade; e continuidade dos workshops de capacitação das salas de aula do futuro.

Inscreva-se através do email emic@cm-cartaxo.pt ou do número 961719387.

Mais artigos
1 De 516

“Com os desafios que alunos, pais e professores estão a enfrentar com o encerramento dos estabelecimentos de ensino, com o surgimento da telescola e o confinamento à residência a que todos nós fomos sujeitos, parece-nos que as ações que estamos a dar continuidade podem minorar eventuais problemáticas associadas e inclusivamente sentimos uma grande necessidade, por parte dos pais, em que os grupos de pais tivessem continuidade, o que revela a importância dos mesmos”, sustentam os responsáveis pelo programa, sublinhando que o mesmo “pretende assim continuar a contribuir para o incremento de boas práticas ao nível do sucesso escolar e também para uma visão e intervenção sistémica com os alunos, comunidade escolar e municípios”.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.