Concelho quer criar mais 99 camas para idosos

Cinco instituições do concelho do Cartaxo candidatam-se ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES), na perspetiva de criar melhores condições e maior capacidade de resposta no apoio à terceira idade e a pessoas com deficiência mental.

“Há cinco projetos de candidatura ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES) no concelho do Cartaxo”, informou o vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo na última reunião de Câmara, dando conta das candidaturas da Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, com a remodelação e alteração da instalações, da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental) Santarém, com a ampliação da estrutura residencial do Cartaxo, e as candidaturas para Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas submetidas do Centro Social e Paroquial da Ereira, Centro de Dia da Lapa e Centro de Dia de Pontével.

De acordo com Fernando Amorim, a serem viabilizadas as candidaturas, a nível do apoio à terceira idade passará a haver capacidade para mais 99 camas no concelho: 20 na Ereira, 41 na Lapa e 38 em Pontével.

Ainda segundo o vice-presidente, responsável pela área de ação social do município do Cartaxo, “o município do Cartaxo associou-se como parceiro a todas estas candidaturas, no âmbito de todo o apoio necessário”, como já aconteceu na formalização das candidaturas, cujo prazo de submissão terminou no último dia de 2020, e, “de futuro, no desenvolvimento do processo em si.”

Podem candidatar-se ao PARES as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Instituições legalmente equiparadas, destinando-se o financiamento no âmbito deste programa do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social a obras de construção de raiz, obras de ampliação, remodelação de edifício ou fração ou aquisição de edifício ou fração.

Pode gostar também