David Lobato recebe louvor da Autoridade Nacional de Proteção Civil

O ex-comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, David Lobato, recebeu, no início deste ano, um louvor da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil “pela forma altamente honrosa e brilhante com que desempenhou as funções de Comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo e pela dedicação e elevada competência que sempre demonstrou no cumprimento das missões que lhe foram atribuídas pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém”.

“Dotado de elevados princípios humanos e possuidor de excecionais capacidades de liderança, o comandante David Lobato é um exemplo na prossecução dos objetivos da Proteção Civil nomeadamente na salvaguarda de pessoas e bens” e um “exemplo a seguir”, daí o mérito de um louvor, proposto pelo comandante operacional distrital de Santarém, Mário Silvestre, no final de 2020, concedido no início deste ano pelo presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), Duarte da Costa.

“Fruto da sua experiência, formação e elevada capacidade de trabalho, o comandante David Lobato constituiu-se sempre como um elemento fundamental em todas as operações de proteção e socorro, dentro e fora da sua área de atuação própria, colocando toda a sua disponibilidade e competência ao serviço dos seus concidadãos, dentro e fora do distrito”, tendo “nos diversos teatros de operações, quer nas funções de comandante das operações, ou integrando as equipas de posto de comando do distrito de Santarém, demonstrado sempre uma capacidade de análise digna de realce, respondendo com elevado dinamismo, eficiência e liderança às inúmeras solicitações”, lê-se no louvor publicado em Diário da República, a 28 de janeiro.

Lê-se ainda no louvor que o comandante David Lobato “evidenciou sempre e consistentemente, uma extraordinária dedicação, espírito de iniciativa e elevada capacidade de organização, tendo assumido um papel preponderante na preparação, condução e supervisão das ações de planeamento e gestão de todas as ocorrências de proteção e socorro que assolaram o distrito de Santarém”, para além da “elevada dedicação, profissionalismo e competência, qualidades que, aliadas ao seu elevado sentido de missão, lhe permitiram identificar, avaliar e implementar em tempo oportuno, as soluções mais adequadas para a maximização da capacidade de resposta do seu corpo de bombeiros, fazendo dos Bombeiros do Cartaxo uma corporação de referência no distrito e no país”.

Ao Jornal de Cá, David Lobato diz que recebeu o louvor com “muita emoção”. “Um louvor é sempre um reconhecimento do nosso trabalho e, efetivamente, os objetivos a que nos propusemos deram os seus frutos e as pessoas reconheceram isso”, refere o agora comandante distrital, frisando que “nós tentamos sempre trabalhar para o bem público, é o que tenho feito toda a minha vida”.

Dias depois da proposta de louvor, David Lobato foi designado comandante operacional distrital de Santarém, depois de há um ano ter deixado o comando dos Bombeiros Municipais do Cartaxo para assumir as funções de 2º comandante operacional distrital. Uma função que reconhece ser “muito diferente” da que mantinha no quartel do Cartaxo, ainda mais em contexto de pandemia, numa altura em que está sozinho, ainda sem 2º comandante, e que, como diz, “coincidiu com o pior momento da nossa história”. Segundo o comandante, “não tem sido fácil, mas é sempre um motivo de orgulho poder gerir estas situações, contactar com diferentes entidades e gerir as boas vontades de cada um”, conclui.

Pode gostar também