Pedro Nobre admite “dificuldades” na recolha do lixo diferenciado

Contentores cheios levam deputado socialista a questionar o executivo sobre os serviços de recolha de resíduos sólidos urbanos diferenciados, da responsabilidade da Ecolezíria que gere os resíduos produzidos na área dos municípios associados na Resiurb – Associação de Municípios de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Coruche e Salvaterra de Magos.

O deputado da bancada socialista Gentil Duarte lamentou constatar que a Ecolezíria “reduziu a qualidade do serviço de recolha”, questionando o executivo municipal, na Assembleia Municipal do Cartaxo, sobre o porquê de os contentores estarem quase sempre cheios.

A pedido do vice-presidente Fernando Amorim, que substituiu o presidente da Câmara na última sessão de Assembleia Municipal, foi o vereador do ambiente Pedro Nobre que respondeu a Gentil Duarte, começando por admitir as “muitas dificuldades” na recolha do lixo, nomeadamente os diferenciados, ou seja, os resíduos sólidos urbanos para reciclagem. Como tal, garante que a Câmara Municipal tem, “inclusivamente, uma reunião agendada com a Ecolezíria para discutir este e outros temas relativamente ao serviço prestado”.

Pedro Nobre diz que a Ecolezíria “quis contratar mais motoristas para conseguir alargar a sua capacidade de resposta e, com isso, aumentar a frequência nas recolhas e tem tido dificuldade a esse nível, sobretudo, com a entrada e saída de recursos”, mas também aponta “este período Covid-19” como um fator que provocou “um aumento substancial” de resíduos nos contentores.

Para além disso, o vereador refere um problema que, sublinha, tem vindo também a ser identificado por outros municípios, que tem a ver com a obrigatoriedade do alargamento “quer do parque instalado de ecopontos, quer até da reparação dos que existem e que estão em muito mau estado”. Diz Pedro Nobre que “tudo isto conjugado obriga aqui a um trabalho intenso [da Câmara Municipal] junto da Ecolezíria para reforçar esta capacidade instalada que é manifestamente insuficiente”.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.