Factos e curiosidades sobre lixo eletrónico

 

O mundo está a braços com uma nova praga: o lixo eletrónico. Este lixo é constituído pelos resíduos materiais de computadores, telemóveis, monitores, televisões ou máquinas fotográficas, entre outros.

lixo eletrónico

 

 

Factos e curiosidades

1 – O lixo eletrónico cresce três vezes mais que o lixo convencional.
Mais artigos
1 De 944
2 – Só nos estados membros da União Europeia, o lixo eletrónico ascende a 9 milhões de toneladas por ano. Em todo  o mundo, o total chega aos 40 milhões.
3 – As previsões das Nações Unidas apontam para que, até 2020, o lixo eletrónico aumente entre 200% e 500%.
4 – Os países em desenvolvimento, sobretudo Ásia ou África, são o destino de 80% do lixo eletrónico produzido nas nações ricas.
5 – Através da reciclagem pode extrair-se prata, ouro, paládio (da família da platina), cobre, chumbo, estanho ou antimónio. Estes são alguns dos 17 metais nobres que podem ser recolhidos a partir de uma placa de circuitos presente em computadores e telemóveis.
6 – O mais grave é o conteúdo do lixo eletrónico, que inclui metais pesados como chumbo, cádmio e mercúrio, além de outros elementos tóxicos. Por isso, é essencial que  esses resíduos recebam um tratamento adequado.
7 – Se forem parar em locais inadequados, como aterros sanitários comuns, os resíduos podem contaminar o solo e a água dos lençóis freáticos, provocando danos importantes para o meio ambiente e a saúde pública.
8 – Todos os anos são desperdiçados, através do lixo eletrónico, cerca de 320 toneladas de ouro e 7,5 mil toneladas de prata, ou seja, 17 mil milhões de euros são anualmente deitados ao lixo.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.