Atleta do Cartaxo vice-campeão nacional nos 60 metros planos

Simão Alexandre, atleta da Escola de Atletismo do Cartaxo, sagrou-se vice-campeão nacional na disciplina de 60 metros planos, no decorrer do campeonato nacional de atletismo em pista coberta, para o escalão de esperanças (sub-23), que decorreu no final de fevereiro, no Estádio Nacional do Jamor.

O atleta de 17 anos, treinado por Nuno Abade, no seu primeiro ano de júnior, completou a prova em 6.95s, que constitui recorde pessoal e melhor marca nacional do ano no seu escalão, ficando atrás do campeão nacional, Delvis Santos, atleta do S. L. Benfica com 6,73s e à frente do atleta do Sporting C.P., Rui Corvelo, que fechou o pódio com 7,00s.

Simão, participou ainda na prova de salto em comprimento, realizou o seu melhor salto a 6,88 metros, perto do seu recorde pessoal de 6,91 metros, que lhe garantiu a sétima posição.

O atleta arrecadou assim a sua 11ª medalha nacional, registando agora, três ouros, sete pratas e um bronze, sendo esta a primeira medalha numa disciplina de velocidade e a primeira num escalão sénior, todas as outras nas disciplinas de salto em comprimento e triplo-salto, em escalões inferiores.

Escola de Atletismo do Cartaxo a somar títulos
A Escola de Atletismo do Cartaxo, fundada em 2012, no seu curto período de existência, já deu ao atletismo, vários atletas de nível nacional, muitos deles com títulos nacionais, alguns conquistados ainda ao serviço do clube da terra, outros já depois de rumarem a clubes de maior dimensão, são exemplo disso, Sofia Duarte, Patrícia Silva e Miguel Mascarenhas.

Na última época desportiva mais quatro atletas subiram ao pódio de um campeonato nacional, Margarida Patrício, Teresa Abade, Ana Sofia Alves e Simão Alexandre, outros ficaram muito próximos de lá chegar, o que perspetiva mais uma mão cheia de bons atletas e confirma o bom trabalho levado a cabo pelos atuais treinadores do clube, Pedro Barbosa, Nuno Abade, Emanuel Serrazina e agora também o Pedro Moura, a dar os primeiros passos, bem como o de todos os outros treinadores que já deixaram o clube, mas que contribuíram de forma importante para estes resultados.       

Ler
1 De 206

Simão Alexandre elevou assim para 49 o número de medalhas nacionais conquistadas por atletas ao serviço do clube do Cartaxo, 14 ouros, 21 pratas e 14 bronzes.

Pode gostar também