Biblioteca Marcelino Mesquita recebe novo material tecnológico

A Biblioteca Marcelino Mesquita do Cartaxo, no âmbito da Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Lezíria do Tejo (RIBLT), passa a dispor de equipamentos informáticos e tecnológicos – computadores, portáteis, tablets, drones, óculos de realidade virtual, impressoras 3D, assim como, diversos kits da área da robótica e novas publicações relacionadas com novas tecnologias.

De acordo com a Câmara Municipal do Cartaxo, os primeiros materiais já chegaram à biblioteca. Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal os novos equipamentos integram o projeto “BiblioTICs” que a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) submeteu ao PADES – Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços das Bibliotecas Públicas promovida pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB.

Fernando Amorim, também responsável pelo pelouro da Cultura, destacou a importância dos novos equipamentos tecnológicos de que a Biblioteca Municipal passa a dispor para a “promoção da literacia digital de toda a população. As ações que vamos poder desenvolver a partir de 2021, serão de enorme relevância para a criação de novas competências e inclusão digital de adultos, a par da formação de crianças e jovens, no apoio à formação que têm nos estabelecimentos de ensino”.

O investimento total para a Rede de Bibliotecas ultrapassa os 175 mil euros e prevê – para além dos equipamentos e publicações –, a formação e a capacitação dos técnicos das bibliotecas para a utilização dos novos equipamentos. Os técnicos passarão a estar aptos para desenvolver ações de promoção de competências digitais nas áreas da robótica, artefactos digitais e tecnologias.

A Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita dispõe já de um Espaço Internet e acesso WiFi gratuito, para além do serviço de promoção da leitura, do empréstimo domiciliário e do serviço de leitura de jornais e revistas.

Desde o início da pandemia, a Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita tem efetuado algumas alterações ao seu funcionamento e, “apesar das contingências que ainda condicionam a presença de leitores e utilizadores no seu espaço, a biblioteca tem conseguido manter o serviço público e o apoio aos seus utilizadores”, frisou o vice-presidente, referindo o novo serviço de entrega de livros ao domicílio e em regime de takeaway – Biblioteca à Porta.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.