Crimes de burla com fraude bancária disparam durante o Estado de Emergência

Entre 22 de março e 2 de maio de 2020, em comparação com o período homólogo de 2019, a PSP registou uma diminuição da criminalidade geral na ordem dos 47 por cento, são menos 9 084 crimes registados, e na criminalidade violenta a grave, houve uma diminuição na ordem dos 43 por cento, com menos 442 crimes registados.

Durante o mesmo período o crime que regista maior aumento é a burla com fraude bancária, que dispara e regista um crescimento de 131 por cento, são mais 135 casos, a burla informática e nas comunicações, cresceu 33 por cento, são mais 210 casos. O furto em área anexa a residência, aumentou 25 por cento, com mais 42 ocorrências.

No decurso deste espaço temporal a PSP concretizou ainda a detenção de 266 cidadãos por desobediência no quadro legal específico deste estado de exceção.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.