Detido no Cartaxo por recusar uso de máscara na rua

A PSP do Cartaxo deteve, esta semana, um homem por desobediência aos agentes da polícia que o alertaram para o uso obrigatório da máscara na via pública e que o mesmo recusou.

De acordo com informação do Comando Distrital de Santarém da PSP, na passada terça-feira, dia 26 de janeiro, na sequência de uma ação fiscalizadora no âmbito da pandemia, a PSP do Cartaxo “procedeu à detenção um indivíduo do sexo masculino, com 64 anos de idade, por desobediência a ordem legítima dos agentes de autoridade”.

O suspeito encontrava-se em plena via pública sem máscara, numa altura em que o seu uso é obrigatório, “o que deu origem à elaboração do respectivo auto por contraordenação”. Ainda segundo a PSP, “após ter sido advertido, várias vezes, para colocar a máscara e por se ter recusado a acatar tal ordem, o suspeito foi detido por desobediência”.

O detido foi constituído arguido e submetido a Termo de Identidade e Residência (TIR), tendo sido notificado para comparecer no Tribunal Judicial do Cartaxo.

Segundo o Jornal de Cá conseguiu apurar com o Comando Distrital de Santarém da PSP, relativamente à situação de estado de emergência que vivemos no país, este terá sido um caso isolado de desobediência, no Cartaxo: “as pessoas têm acatado” as regras impostas, não havendo relatos oficiais de outras situações de desobediência na cidade.

Pode gostar também