Participe na pesquisa do espetáculo Palmira

O Teatro Meia Volta procura pessoas do Cartaxo que queiram conversar sobre o feminino e o masculino, e sobre os papéis que homens e mulheres têm ocupado na sociedade. Tudo para o espetáculo a apresentar no Centro Cultural do Cartaxo, no âmbito do Festival Materiais Diversos.

Anabela Almeida e Sara Duarte, do Teatro Meia Volta, estão no Cartaxo e em Alcanena, em janeiro, a fazer pesquisa para a criação do espetáculo “Palmira”, que estreia no Festival Materiais Diversos, em outubro de 2021, e gostariam de contar com a participação de pessoas do Cartaxo e Alcanena.

Para a criação deste espetáculo, Anabela Almeida e Sara Duarte partem da memória da história de Palmira, a avó materna de Anabela. Palmira criou sozinha os dois filhos de pai “incógnito”, tornou-se uma mulher independente e autónoma, escolheu ter a profissão de costureira e recusou as propostas de casamento que lhe permitiriam repor a “honra social”. Alguns dos paradigmas que atravessam o percurso das mulheres estão concentrados nesta memória, ecoando dela múltiplas reverberações na atualidade. Este espetáculo focará o olhar na identidade feminina em contexto periurbano e rural e, num sentido mais amplo, também em aspetos fundamentais das relações de género e familiares.

Que perspetivas têm as mulheres e os homens sobre o trabalho, a maternidade, o amor, o poder? Perante realidades sociais e políticas tão distantes, o que mudou, o que permanece? Há nos homens outras relações com a paternidade?

Se tiver disponibilidade para responder a algumas perguntas relacionadas com os temas do feminino e masculino e os seus papéis na sociedade, envie as suas respostas até dia 21 de janeiro por email (por escrito ou áudio) ou por carta para a morada: Calçada Marquês de Abrantes, 99, 1200-718 Lisboa. Para mais informações contacte pelo telefone 938414488 ou pelo email info@materiaisdiversos.com.

Pode gostar também