Comissão de Proteção Civil proíbe corrida de Todos os Santos

A Comissão de Proteção Civil deliberou a proibição a da corrida de touros anunciada para o dia 1 de novembro, no seguimento da avaliação da situação epidemiológica no concelho que é feita diariamente nas reuniões de coordenação de proteção civil.

O presidente da câmara levou a proposta de realização de uma Corrida de Touros na Praça de Touros do Cartaxo, pela empresa que detém a concessão da praça, à reunião da Comissão de Proteção Civil pelo Presidente da Câmara Municipal, na passada sexta-feira, de 23 de outubro, acompanhada pelo parecer do Serviço Municipal de Proteção Civil e da autoridade de saúde local, ambos negativos para a realização do evento.

“A decisão de realizar a corrida deve ser tomada pela Comissão Municipal de Proteção Civil, que conhece em detalhe a situação epidemiológica no concelho”, explicou Pedro Ribeiro, referindo que na Comissão têm assento as forças de segurança, quer a PSP, quer a GNR, os presidentes de Junta de Freguesia, a Coordenadora da Proteção Civil Municipal e a autoridade de saúde pública, pelo que “a proposta deve ser avaliada por todos de acordo com os pareceres já emitidos, mas também de acordo com o conhecimento que todos temos da situação epidemiológica no nosso concelho”.

Sobre este assunto, o presidente da União de Freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta, Délio Pereira, informou a Comissão Municipal que tinha chegado recentemente ao seu conhecimento que os promotores da corrida de touros tinham tomado a decisão de a cancelar. Ainda segundo informa a nota do município, dado que até à data daquela reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil não tinha chegado qualquer comunicação de cancelamento do evento, foi deliberada a proibição da realização da corrida de touros anunciada para o dia 1 de novembro. 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.