Frio potencia cabelos secos e sem brilho

 

O vento, a humidade e o frio são potencialmente nefastos para o cabelo, deixando-o sem brilho, rebelde e sem vitalidade. Saiba como tratar melhor dos seus cabelos, mantendo-os sempre deslumbrantes, numa época mais fria, que ajuda a uma diminuição natural da sua hidratação.

A água quente do banho é, sem sombra de dúvidas, a maior inimiga dos cabelos, tal como da pele. E se é nos dias mais frios de outono e inverno que os banhos quentes são mais apreciados é também nestas épocas que o cabelo se torna mais seco e quebradiço, por isso é de evitar lavar o cabelo com água muito quente. Para estar mais saudável, o cabelo deve ser sempre lavado com água morna, quase fria, pois a temperatura elevada no chuveiro dilata a fibra capilar e causa a perda de nutrientes.

É, precisamente, nas estações mais frias do ano que o cabelo deve ser mais hidratado. Os hidratantes capilares são essenciais para manter um cabelo sedoso e brilhante, logo saudável. E há especialistas que recomendam a sua utilização com o cabelo ainda seco, antes de o lavar, pois aumenta o poder de penetração porque a aderência ao cabelo é maior. Depois aplicar o creme hidratante, da raiz às pontas, massajando bem, deve-se deixar atuar, no mínimo, três minutos, retirar o excesso e proceder à lavagem. Este procedimento pode ser realizado em todos os tipos de cabelo, embora com frequências diferentes: nos cabelos mais finos deve-se aplicar uma menor quantidade de hidratante, mas com maior frequência (em cada dez dias); já nos cabelos mais grossos, a quantidade de creme a aplicar deve ser mais generosa, visto que seu o poder de armazenamento é maior, mas com uma menor frequência, uma vez por mês será suficiente.

O tipo de champô também é importante para manter um cabelo bonito e com vitalidade, devendo ser sempre adequado a cada tipo de cabelo. Depois de aplicado o champô deve-se enxaguar bem o cabelo, retirando o máximo de água, com a ajuda de uma toalha, e aplicar uma máscara, no comprimento e nas pontas. Para maximizar o poder nutritivo deste produto, o ideal é deixar atuar cerca de cinco minutos, de preferência usando uma touca térmica, e enxaguar abundantemente.

Outra dica importante é nunca dormir com o cabelo molhado, porque desta forma cria-se um ambiente húmido e quente no couro cabeludo, causando o crescimento de fungos e bactérias, assim como aumenta a oleosidade. O cabelo deve ser seco com secador, sempre numa temperatura média, sem aproximar demasiado o aparelho da cabeça. O uso de um produto que proteja o cabelo do calor do secador também ajuda a mantê-lo mais sedoso, principalmente em cabelos muito secos.

Mais artigos
1 De 6

Para finalizar, nunca é demais lembrar que beber muita água ajuda a hidratar todo o organismo, os cabelos sem exceção, mesmo nos dias mais frios.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.